sábado, 18 de fevereiro de 2012

uma música para o fim de semana - Uxu Kalhus


Primeiro estranha-se depois entranha-se. Seria assim que eu definiria o meu primeiro contacto com os Uxu Kalhus.

Não é fácil ouvi-los (e gostar) pela primeira vez. Eles são realmente diferentes e ousados na música que tocam. Por isso que ignorei a parte do "estranha-se" e fui à procura do "entranha-se".
E se vencermos a nossa zona de conforto musical encontramos em Uxu Kalhus algo que vale a pena ouvir e seguir.

Os Uxus Kalhus formaram-se em 2000. As sua raízes provêem da música tradicional portuguesa. Mas vestiram-na com novas roupagens, de alguma maneira fazem-me lembrar Diabo na Cruz. A sua sonoridade é influenciada pelos ritmos africanos rock, ska, jazz e folk.
A isto tudo adicionaram muita energia e o melhor de tudo é que, sabiamente, acrescentaram um toque de loucura.

Após os álbuns de 2006,  A Revolta dos Badalos e de 2009, Transumâncias Groove, foi lançado este mês o seu terceiro álbum, Extravagante, de onde sai o tema homónimo que sugiro para este fim de semana.

Estranhem mas depois deixem-se entranhar. Sejam extravagantes.  :)




quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Miles





Diz-se que para esquecer - eu diria suavizar - a perda de um grande amor é arranjar outro grande amor.
Foi o que fiz.

O primeiro amor recebi-o com mês e meio, o segundo adoptei com cinco meses.
O primeiro amor partilhou quinze anos da minha vida, o outro grande amor já vai na segunda semana.
O primeiro era grande e branco e dourado, o novo é pequeno e cinzento e preto.

O primeiro amor enchia-me a carpete de pelos, o segundo arranha-a.
O primeiro amor queria sempre festas, este só quer quando lhe apetece.
O primeiro amor morreu em Setembro, o novo estava a nascer.

O primeiro amor ladrava, este mia.

O primeiro amor chamava-se Thor e era um cão maravilhoso, o segundo chama-se Miles e é um gato espectacular.


segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

compra de fim de semana - Stefano Bollani





Stone in the water é o primeiro trabalho de Stefano Bollani como band lider. O trio liderado pelo piano de Bollani - um protegido do trompetista Enrico Rava - tem a formação mais clássica de um trio no jazz: piano, contrabaixo e bateria e vem na linha melódica dos trios dos pianistas Bill Evans e Brad Mehldau.

Stone in the Water é um cd com jazz de veludo lá dentro. A primeira faixa - Dom de iludir, um original de Caetano Veloso - diz tudo. Calmo, suave como um ribeiro a fluir sem pressas no seu leito. Fantástico!